Últimos assuntos
» Ficha para Parceria
Ter Mar 29, 2016 4:23 am por Pawafuro Nara

» Testes de graficos e templates
Ter Jan 19, 2016 9:02 pm por Loola Klein Bäumler

» Dúvidas
Ter Jan 12, 2016 12:49 am por Annabeth Heaven

» Sistema de Julgamentos
Qua Dez 30, 2015 9:29 pm por The Mirror of Erised

» Flood
Qua Dez 30, 2015 5:19 pm por Hogwarts Castle

» Pega, Namora ou Passa
Qui Nov 12, 2015 9:33 pm por Dafne P. Malkovich

» Biblioteca
Sex Out 23, 2015 2:34 pm por Flora Bennett

» [1º Ano] Poções - 1ª aula
Qua Out 21, 2015 8:17 pm por Isabelle Donati

» Gabinete - Chefe de Departamento
Ter Out 20, 2015 11:56 am por Rhage Drakunov

» Ala Hospital
Ter Out 20, 2015 11:50 am por Sofia Redbird

» Gabinete - Chefe de Departamento
Qui Out 15, 2015 3:43 pm por Theodor Wolves

» Corredor da Tapeçaria
Qua Out 14, 2015 4:42 pm por William Hunter

» Sala Precisa
Ter Out 13, 2015 12:37 am por Jessebelle Styne Müller

» Aviso de Ausências
Sab Out 10, 2015 5:32 pm por Time Turner

» [1º Aula] 5º Ano
Sab Out 10, 2015 12:40 pm por Sofia Redbird

»  [5º Ano] Poções - 1ª aula
Sab Out 10, 2015 12:30 pm por Sofia Redbird

» Imagens/Gif's Engraçadas
Sex Out 09, 2015 9:38 pm por Dylan Blake

» [Todos Os Anos] Aula I - Tecnologia trouxa
Sex Out 09, 2015 12:38 am por Josh Styne Müller

» [5º Ano] DCAT - 1ª Aula
Qui Out 08, 2015 11:02 pm por Josh Styne Müller

» Gabinete - Chefe de Departamento
Qui Out 08, 2015 8:41 pm por Thomas Styne Müller

» Sala Vazia
Qua Out 07, 2015 2:49 am por Lavínia Parker Malkovich

» Estação Hogsmeade
Sab Out 03, 2015 9:09 pm por Melanie Corleone Lafont

» [4º e 5º Ano]Vôo - 1ª Aula
Sex Out 02, 2015 4:46 pm por William Gottschalk

» Cabine 003
Sex Out 02, 2015 3:45 am por Isabelle Donati

» [Cannons ]Personagens da Saga
Qui Out 01, 2015 11:43 am por Hogwarts Castle

» Cabine 002
Qua Set 30, 2015 11:47 pm por Josh Styne Müller

» Cabine 004
Qua Set 30, 2015 10:17 am por Melanie Corleone Lafont

» [FP] James Sirius Potter
Ter Set 29, 2015 3:59 pm por Hogwarts Castle

» [FP] Victor Styne Müller
Ter Set 29, 2015 3:58 pm por Hogwarts Castle

» FP- Alicia Parker
Ter Set 29, 2015 3:57 pm por Hogwarts Castle

» [FP] Silver Stroup
Ter Set 29, 2015 3:53 pm por Hogwarts Castle

» [F.P] - Ulysses Rolstroy
Ter Set 29, 2015 3:51 pm por Hogwarts Castle

» Fiscalização de Cargos
Seg Set 28, 2015 4:01 pm por Silver Stroup

» Varanda do Quarto Andar
Dom Set 27, 2015 6:21 am por Katherine Baker

» Cela Subterrânea de segurança máxima #1
Sab Set 26, 2015 3:16 am por Mia G. Turner

» Sala da Morte
Sex Set 25, 2015 4:12 pm por Thalia Klein Bäumler

» [FP] Katherine Baker (Loading...)
Sex Set 25, 2015 2:03 am por Katherine Baker

» [3º Ano] Vôo - 1ª Aula
Qua Set 23, 2015 6:59 pm por William Gottschalk

» Consultório
Seg Set 21, 2015 8:38 pm por Alicia Parker

» Sala de Reuniões
Seg Set 21, 2015 6:42 pm por Pandora Domaschesky

» Atualização do Perfil Bruxo
Seg Set 21, 2015 12:07 pm por Time Turner

» Cama ou Lama
Dom Set 20, 2015 6:05 pm por Nyx LeRoux

» Jogo policial
Dom Set 20, 2015 6:04 pm por Nyx LeRoux

» Feitiços - 1° ano
Sab Set 19, 2015 2:32 am por Thomas Miller

» [1º Ano] DCAT - 1ª aula
Sab Set 19, 2015 2:19 am por James S. Potter

» Atualização de Nome
Sex Set 18, 2015 9:02 pm por Time Turner

» Consultório I
Sex Set 18, 2015 7:08 pm por Alicia Parker

» Plataforma Nove e Três Quartos
Sex Set 18, 2015 6:42 pm por Henry Matthew Dallas

» Sala de Reuniões
Sex Set 18, 2015 4:06 pm por Mia G. Turner

» Sala de Internamento
Qui Set 17, 2015 9:49 pm por Jonathan Crandchamp


FP - William Gottschalk

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

FP - William Gottschalk

Mensagem por William Gottschalk em Ter Set 01, 2015 11:26 pm



William Gottschalk







Dados Gerais


→ Nome Completo: William Aaron Gottschalk

→ Idade: 35 anos

→ Data de Nascimento: 13/02/1980

→ Ocupação: Professor de Vôo/Chefe de Casa(Slytherin)/Ex-Auror/Ex-Jogador Profissional de Quadribol

→ Nacionalidade: Alemã

→ Lugar de residência actual: Hogsmeade

→ Classe social: Média



D. PSICOLOGICA


Como a maioria dos Slytherin, William sempre foi independente, rebelde, o cara que nunca pede ajuda à ninguém por que isso o tornaria fraco. Orgulhoso e Arrogante, é um homem de poucos amigos dado o fato de que a maioria o acha uma pessoa insuportável e inconveniente, principalmente devido a seu sarcasmo e seu tom de humor ácido, o que o torna capaz de fazer piadas infâmes e maldosas nas piores ocasiões possíveis. Galante e sedutor, Will também não perde a pinta de "Dom Juan", possui uma lábia suficientemente influenciadora à ponto de ludibriar a mente mais desconfiada, principalmente se for uma mulher, quando se trata desse assunto ele é um períto, mesmo que tenha problemas sérios com compromissos, o que o torna um verdadeiro "lady killer". Desconfiado, por ser sorrateiro e ardiloso muitas vezes, não confia 100% em ninguém, da última vez que o fez quase perdeu a vida então sua desconfiança aumentou ainda mais. Pode ser considerado um cara exibido por adorar ser o centro das atenções, mas ao mesmo tempo é vazio e solitário por dentro, desde a infância e molda seu exterior como se gritasse "Eu não preciso de ninguém", é a maneira que o faz se sentir forte. Apesar de seu jeito de malvado, tem um bom coração e cuida daqueles que são importantes pra ele mesmo que para isso tenha que tomar medidas extremas e ser odiado para sempre.



D. FÍSICA


Com um porte físico atlético, Possui 1,88m de altura e 87kg, seu corpo é forte e definido, como o típico esportista que é. Cabelos negros lisos não muito curto, mas não muito longos, olhos castanhos num tom médio, nem muito claro nem muito escuro, semblante na maior parte do tempo sério, mas sabe como soltar um sorriso galante nos momentos certos. Sempre de barba aparada e roupas um pouco mais clássicas, ternos e smoking's fazem parte de seu vestuário, assim como sua chamativa cartola e uma bengala que inúmeras vezes ele carrega por onde vai.



História


Nascido em Berlim na Alemanha em 1980, William Aaron Gottschalk é órfão desde que se entende por gente, apenas sabe os nomes de seus pais biológicos, Aaron Gottschalk e Evellyn Marie Gottschalk, entretanto sabe apenas que morreram de algum modo misterioso que ninguém até hoje explica com exatidão, mas isso é passado e Will já não se importa mais.

Desde pequeno William sempre pareceu um verdadeiro lobo solitário, nunca foi de muitos amigos, as outras crianças não gostavam dele, fossem elas bruxas ou trouxas, isso o incomodava muito, mas nunca se deixou se abater pelo contrário, isso lhe servia de motivação e foi assim que ele viveu. O garoto tinha muito mais afinidade com outra espécie do que com a espécie humana, as serpentes, e estranhamente falava com elas como se falasse com uma pessoa normal, ele não sabia exatamente como conseguia, mas sabia que a companhia delas era melhor que a da maioria das crianças. Criado num orfanato desde bebê tendo como única amiga, além das cobras das redondezas, Stefanie Agnelli, garota de origem italiana e bruxa assim como ele, que vivia rindo de sua amizade com as cobras, mas não o achava estranho, pois entendia que alguns bruxos nascem com dons especiais como este, tendo sido criados como irmãos, quando cresceu o suficiente foi para Hogwarts como era natural de toda criança de 11 anos iniciar os estudos lá.

Nos primeiros anos em Hogwarts William descobriu seu maior talento além de se meter em brigas com os garotos de sua turma e os Grinffyndor's, que de tempos em tempos acabavam se atracando com ele, o talento para vôo, ele demonstrava um talento nato para a arte e com o passar do tempo se tornou um excelente jogador de quadribol, mas nunca sendo campeão pela sonserina, mesmo que tornando-se o Melhor jogador do Time na época, decidiu inúmeros jogos importantes para sua casa sendo lembrado na história. Possuía grandes dificuldades em matérias Teóricas principalmente em História da Magia e Aritmancia que eram matérias que para ele era consideradas chatas e desnecessárias.

Durante seus anos em Hogwarts, William fez algumas amizades, ainda que poucas, mas fez amigos dentre elas Thomas Styne Müller, seu eterno amigo e rival nos tempos de escola, ambos eram da mesma turma e apesar de andarem juntos nunca se deram tão bem, sempre discutindo um com o outro e competindo de alguma maneira fosse em relação às aulas ou em relação à qualquer tipo de coisa, mas isso não os tornava menos amigos, ao contrário, só fortalecia o laço entre eles. No decorrer de sua trajetória por Hogwarts o rapaz começou à se tornar uma grande influência entre os Slytherin, principalmente por sua grandiosa maestria em Duelos, Feitiços e sua inata Habilidade no Quadribol o que fez com que por volta do 3º Ano todos no colégio o conhecessem como "Gottsnake" Uma alusão à sua casa Slytherin e suas habilidades peculiares, como velocidade, capacidade de raciocínio acelerado e sua Ofidioglossia, uma habilidade extremamente rara. Nesse meio tempo William também conheceu Jason Corleone, também colega de Quadribol e Slytherin assim como ele, tão chegado quanto Thomas, porém não havia rivalidade entre eles, apenas uma amizade forte, estes foram os laços mais fortes e significativos que ele criou em sua vida, considerando-os parte de sua família. Dois anos mais tarde conheceu Alicia Parker, uma caloura da HufflePuff, menina simples de óculos, tímida que vivia se escondendo na biblioteca ao fugir das azarações dos demais alunos, ela era bonita apesar de extremamente introvertida e insegura, por tal razão William e muitos outros Slytherin e Griffyndor's viviam pregando-lhe peças.

No 6º ano seus amigos pareciam enamorados das jovens da Griffyndor, Thomas por Katherine, uma Griffyna Norte-America um ano mais velha, enquanto Jason se interessava por Stefanie, compartilhavam das mesmas raízes e pareciam bem ligados um ao outro, o que fez com que ambos se distanciassem um pouco de William, talvez por ciúmes da parte de Jason ou simplesmente porque estavam ocupados demais para notarem sua presença, então Will sentia-se um pouco mais diferente de seus amigos, focando assim no Quadribol ao ponto de passar todo o seu tempo livre em treinamento intensivo, esquecendo-se dos demais, ainda assim sentia um vazio dentro de si, vazio este que acabava camuflando devido à sua fama de "Ace" do time e sua popularidade que ia decaindo com o passar dos anos (visto que a Griffyndor de Potter era imbatível e nem mesmo todo o seu talento no Quadribol conseguia detê-los), sendo Thomas o mais descolado e popular da Slytherin o que o ofuscava apesar dele muitas vezes se sair melhor em suas tarefas. As azarações haviam parado, ao menos de sua parte para com a jovem Lufana, Alicia, a qual ele mesmo sem agir como um garoto infantil ainda era atraído por sua beleza e graciosidade, de forma que aos poucos acabaram ficando um pouco mais próximos. Ela era inseparável de Silver Stroup, uma sonserina que ele vivia reclamando por ser tagarela e abelhuda, mas que de início parecia dar apoio e tentar juntar os dois, o que deu tremendamente errado tempos depois...

Enfim chegava o ano da formatura, e num dos últimos bailes do ano, uma ridícula aposta foi feita entre os Slytherin e alguns Lufanos, ele havia se metido numa fria, o foco era seduzir Alicia, a jovem tímida e bondosa de Hufflepuff, a qual ele nutria certa admiração e sentimentos, os quais era motivos de zombaria para Thomas, pois Jason nunca fora de participar desse tipo de coisa sendo sempre o mais sério e focado do grupo, mas William por pressão e por medo de obter reprovação e perder sua reputação de "pegador" da escola aceitou, obteve êxito, mas um dos amigos de Alicia, Damian o entregou à ela, mesmo ele estando no meio dos que fizeram a aposta, o que ficou mantido em segredo dela enquanto William a perdia de vez e assim consagrava seu último ano o pior de todos, afastado dos amigos, brigado com Alicia e Silver que por sua vez o desprezava tanto quanto sua amiga devido suas atitudes mesquinhas e o mal que fez à sua amiga e longe dos amigos que agora ocupados demais com suas namoradas o deixavam de lado.

Depois de formado recebeu uma proposta irrecusável para jogar Quadribol Profissionalmente pelos Ballycastle Bats da Irlanda e não tendo mais para onde ir, nem muito mais que o prendesse foi sem pensar duas vezes, se tornando um grande jogador durante alguns anos, enquanto seus amigos se casavam e formavam família ele simplesmente optou por seguir seu rumo sozinho, sem ninguém novamente, mas sua solidão o consumia e mesmo com campeonatos e emocionantes partidas, as mulheres que queria à seus pés, dinheiro e todo o tipo de regalias que um jogador famoso tem ainda lhe faltava alguma coisa.

A vida de jogador estava ficando monótona e solitária, era difícil viver daquela maneira e ele passou à beber demais, exagerar nas noitadas e em uma dessas que conheceu uma jovem, seu nome era Lana O'Connell, irlandesa, ruiva, linda e adorável com seu jeito simples e a capacidade incrível de manter o equilíbrio entre a agressividade e a doçura o que o encantou à princípio, ela o ajudou numa de suas noitadas, cuidou dele e o levou para casa. Dali em diante ele recuperou o ânimo, havia feito muitas tolices no passado, mas agora levaria tudo à sério. Alguns meses depois, incentivado por ela após notar seu talento para feitiços e duelos, acabou por largar a carreira esportiva e tornar-se Auror, assim como os pais da moça que ele tanto admirava, logo começaram à ter um relacionamento amoroso, uma linda história de amor e assim foi durante quase 5 anos. Ficaram noivos, ele pretendia se casar com ela, da mesma maneira que soube à respeito do casamento de Jason e Stefanie, que agora adotara o sobrenome Corleone de Jason, e quando tiveram sua primeira filha Melanie ele foi o escolhido como padrinho, assim como Thomas e Katherine o que acabou por despertar-lhe o desejo de enfim constituir família.

Mas tudo o que é bom dura pouco, numa de suas missões William acabou por entrar numa luta mortal entre comensais e aurores no Beco Diagonal, sendo desarmado por um dos comensais e por pouco não foi morto naquela tarde, todo o seu orgulho e suas proezas iam por água abaixo, perder um duelo, algo que nunca havia ocorrido antes, mas o pior não fora isto, durante o ataque civis se feriram, muitos deles morreram atingidos pela maldição da morte desferida por comensais inclusive sua velha amiga/irmã Stefanie, atingida por um Avada Kedavra ao se jogar na frente dele para protegê-lo. As baixas no lado dos Aurores foram muitas, mas nada comparado com o que vinha à seguir, o beco diagonal havia se tornado um verdadeiro campo de batalha e um cemitério, dentre os mortos alguns integrantes do Ministério da Magia, um deles Damian Malkovich, o homem que ajudou à arruinar seu último ano em Hogwarts, mesmo que ele ainda se lembrasse com clareza disso, não desejou este fim trágico para ninguém, quanto aos comensais... A maioria escapou, tiveram apenas duas baixas, mas se considerada a situação nada mais importava, um dos únicos comensais morto foi atingido por ele graças à Damian que lhe arremessou sua varinha devolta após a morte de Stefanie Corleone e logo em seguida o mesmo também foi assassinado, mas a tragédia não tinha tido fim ainda. Dentre os civis mortos William encontrou o corpo de ninguém menos que Lana, sua noiva... mas não entre os civis, mas entre os comensais a responsável por matar Malkovich para ser mais exato, aquilo foi demais para ele, algo se partiu dentro de seu coração deixando-o cada vez mais confuso, notara que ela o tinha incentivado para tornar-se Auror apenas como fonte de informação, ela o usou, nunca o amou isso o deixou desolado e naquela mesma semana abandonou sua profissão de Auror e caiu no fundo do poço, se entregando ao Álcool e às apostas perdendo boa parte de seus bens, conquistados em seu tempo como jogador.

O velório dos mortos na tragédia do Beco diagonal foi triste, e ele manteve-se isolado dos demais, não interagindo com ninguém, avistou Jason desolado, Thomas e a esposa e também Silver e Alicia, mas ele não tinha o direito de falar com nenhum deles, não depois de ter falhado, aquilo ele carregaria para sempre, a perda de sua família, de sua honra e sua identidade. Voltava então à ser o mesmo lobo solitário de sempre, agora pior, desempregado, queria distância dos Aurores e dos perigos de ser um, era um preço alto demais à se pagar. Alguns anos depois da fatídica data recebeu um convite para lecionar em Hogwarts, ficou então ridiculamente surpreso, mas era um convite formal e sério da direção do colégio para que ele fosse professor o que o deixou realmente surpreso, mesmo que acreditasse que aquilo era estranho demais, aceitou numa boa tornando-se professor de Vôo e Duelos durante alguns anos.

Enquanto lecionava em Hogwarts, William acabou por assumir uma postura rígida em suas aulas, o motivo? Simples não deixar que nenhum aluno ficasse esquecido, se graduasse sem capacidade, queria explorar o máximo das capacidades de seus alunos, desenvolver seus potenciais ao máximo para que num dia que necessário enfrentar algum tipo de ameaça como os comensais nenhum deles fraquejasse ou se distraísse, pois até o mais talentoso dos alunos acabara perdendo tudo o que tinha por um deslize, então o talento de nada vale se não for lapidado. Foi professor das irmãs Lafont Mühlen, Kaya e Bailey do 2º ao 7º ano e acabou desenvolvendo uma admiração para com Bailey, um afeto como se a tivesse como uma irmã menor ou uma filha, sentimento este que foi mútuo entre mestre e aluno, mesmo com o jeito arrogante e inconveniente dele, que gerava irritação em Kaya, sentimento um pouco diferente de sua irmã, mas não sem explicação já que ele sempre foi exigente demais com ambas, mas sempre provocando Kaya em sentido à menosprezá-la por não acreditar em seu potencial ainda que falsamente para que ela não se tornasse arrogante como ele. Bailey por sua vez também não tinha uma relação toda amores com ele, assim como a maioria de seus amigos, já que ela também não escapava de seus comentários irritantes, porém o respeitava e algumas vezes o via como um exemplo mesmo que não fosse exatamente o exemplo de professor perfeito.

Por fim em seu último ano lecionando em Hogwarts, William recebia uma nova notícia que o abalou, a morte de Jason, seu antigo e querido amigo, o mesmo morreu com a mágoa de Gottschalk devido à morte de Stefanie, que foi para protegê-lo de um comensal, e partiu desse mundo sem perdoá-lo o que deixou William com uma terrível culpa nas costas, mas não era só isso o pior de tudo fora que ao partir Jason deixara duas crianças, Melanie a mais velha de 10 anos e Steven o caçula de 6 anos. Sentido-se culpado, William sentia que a obrigação de cuidar deles era sua, entretanto não se sentia digno de tal feito, além do mais, Os Lafont Mühlen eram próximos à família e Bailey se ofereceu para tomar conta dos pequeninos, agora ela já tinha idade o suficiente para assumir uma responsabilidade como essa. Mesmo relutante Will concordou no final, ainda que acreditasse que Bailey não daria conta por ainda ser muito jovem, para ele era como uma criança cuidando de outra, o que gerou certa rixa entre Bailey e ele, nada muito sério apenas um confronto de idéias opostas, nada mais, porém foi o bastante para que ele simplesmente deixasse Hogwarts por mais um tempo, abandonando suas funções e desapareceu do mapa por mais alguns anos, ninguém ouviu falar dele em momento algum durante muito tempo.

Enfim se passaram 5 anos, e nesse meio tempo vida voltava à parecer monótona e vazia, mas dessa vez não apenas por ele se sentir sozinho, mas pela culpa e pelo desejo de ao menos fazer algo de bom para seus amigos, sua primeira amiga, sua "irmã" Stefanie, a quem tanto amava assim como Jason, ele sentiu-se incumbido da responsabilidade de ao menos vigiar o comportamento dos meninos, mesmo que ao longe, vê-los crescer, afinal Melanie era sua afilhada e Steven era filho de Stefanie também, era o mínimo que ele poderia fazer para ao menos tentar apagar a culpa que sentia por sua morte. Enfim retornara à Hogsmeade comprando uma casa com o que havia sobrado do que tinha ganhado como jogador e enviou uma carta à direção de Hogwarts para reassumir suas funções, ele sabia que Melanie agora tinha 15 anos enquanto Steven estaria com 11 em seu primeiro ano na escola e então sentiu que era o momento perfieto para retornar para lá. Ao receber a notícia que Bailey havia se tornado vice-diretora ficou surpreso, mas feliz, no fim das contas seus ensinamentos e métodos rigorosos deram resultado e ele mal podia esperar para encontrar seus antigos amigos e colegas de novo, o empolgava a possibilidade de surpreender à todos com seu retorno, principalmente as reações mais aversivas à ele.




OUTROS DADOS


→ Pertences: Cartola, bengala mágica

→ Áreas da Magia em que se destaca: Vôo, Duelos, DCAT e Feitiços.

→ Varinha: Ébano - Dente de Basilísco - 33cm - Inflexível

→ Patronus: Coruja Orelhuda

→ Habilidades mágicas: Ofidioglossia.

→ Outras Coisas:
• Possui uma Víbora de estimação de nome Swanhild
• Possui uma queda por Alicia Parker desde os tempos de escola
• Possui 10 títulos profissionais na carreira como jogador de Quadribol
• Tem Bailey e Kaya Lafont Mühlen como ex-alunas favoritas, mas nunca admite
• É Hostilizado por Kaya por sempre provocá-la










Última edição por William Gottschalk em Qua Set 09, 2015 4:20 am, editado 1 vez(es)
avatar
Sobre mim
Nome Completo : William Gottschalk

Perfil Bruxo
Ano Escolar: Completo
Para mais informações
Ver perfil do usuário
Chefe de Casa - [color=#00cc00]Slytherin[/color]

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FP - William Gottschalk

Mensagem por Time Turner em Ter Set 08, 2015 12:35 pm

Falta só a varinha
avatar
Sobre mim

Perfil Bruxo
Ano Escolar:
Para mais informações
Ver perfil do usuário
Administração

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FP - William Gottschalk

Mensagem por Time Turner em Dom Set 13, 2015 2:42 pm

avatar
Sobre mim

Perfil Bruxo
Ano Escolar:
Para mais informações
Ver perfil do usuário
Administração

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FP - William Gottschalk

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Sobre mim
Para mais informações
Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum